SINOPSE DA OBRA
Sigrid Nunez retorna com sua escrita singular para contar uma história ambientada em Nova York nos primeiros dias do confinamento em razão da pandemia de covid. A narradora, escritora com idade suficiente para se qualificar como “vulnerável”, concorda em passar o início da quarentena no apartamento da amiga de uma amiga (presa pelo mesmo motivo em outro estado), para cuidar do papagaio Eureca, desamparado desde o sumiço repentino de outro hóspede, um universitário da Geração Z. O jovem retorna sem avisar, e os dois — ou os três, contando com a ave — tornam-se companheiros de casa, não sem antes atravessar certas tensões. A evolução desses relacionamentos, interpessoais e interespécies, torna-se a base sobre a qual a narrativa se desenrola.

Ganhadora do National Book Award em 2018 com o romance O amigo, também autora de O que você está enfrentando e Sempre Susan, Nunez volta seu olhar para o mais terrível e recente trauma coletivo e elabora, com o humor e a sensibilidade costumeiros, situações e personagens que refletem sobre a vulnerabilidade humana; a impermanência; a tênue beleza das conexões afetivas; a natureza da memória — ou seja, a vida em sua mais plena essência. Em meio a essa busca por significado despertada pela tragédia, Nunez nos traz uma faísca de esperança: é na literatura que podemos encontrar algum sentido quando o mundo em que habitamos vira de cabeça para baixo.

MOTIVOS PARA LER ESTE LIVRO
1. A narrativa aborda não só a insegurança de estar suscetível à covid, mas a vulnerabilidade emocional a que todo ser humano está sujeito e a empatia desencadeada por experiências dessa natureza. Com ou sem calamidades globais ou locais, somos vulneráveis, e as histórias que carregamos (tanto as pessoais quanto as literárias) são fundamentais para a nossa resiliência diante das adversidades.

2. A obra fala sobre a atmosfera da pandemia sem recorrer às imagens e aos fatos que acompanhamos pelos noticiários; Nunez se concentra mais na mudança de hábitos cotidianos, nas sensações, na busca por estabelecer uma rotina que nos aproximasse do “normal”, mas não deixa de pontuar aspectos sociais importantes, como os riscos e a sobrecarga a que foram submetidos os trabalhadores essenciais, a ponto de terem sua própria vulnerabilidade invisibilizada. 

3. Como é característico de sua obra, a autora traz animais como personagens importantes, sábios, capazes de, a seu modo, estabelecer conexões profundas com os humanos e desencadear neles reflexões necessárias.

4. O livro comprova a grandiosidade de Sigrid Nunez como escritora que nos envolve nas histórias que narra, conecta referências e impressões, temperadas por seu estilo elegante. Ela aproxima os leitores de suas paixões literárias, despertando neles a vontade de expandir seu repertório.

ELOGIO
“Os romances de Sigrid Nunez são ideais: curtos, sábios, provocadores, engraçados — uma companhia boa e segura.” — The New York Times

“Com a intimidade e o humor de uma ótima conversa, esse romance faz você se sentir mais inteligente e vivo.” — People Magazine

“[...] O livro de Nunez se desenvolve como uma meditação sobre o pesar e alcança o estabelecimento de conexões incomuns.” — New Yorker Magazine

SOBRE A AUTORA
Sigrid Nunez nasceu em 1951, em Nova York, onde ainda mora. Lecionou em instituições como a Universidade Columbia e a Universidade de Princeton e colabora para publicações como The New York Times, The Wall Street Journal e The Paris Review. É autora de dez livros, dos quais a Instante já publicou os romances O amigo, em 2019, vencedor do National Book Award, e O que você está enfrentando, em 2021, e o livro de memórias Sempre Susan, em 2023. Suas obras já foram traduzidas para mais de 25 idiomas.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Título: Os vulneráveis
Autor: Sigrid Nunez
Editora: Instante
ISBN: 978-65-87342-60-3
E-ISBN: 978-65-87342-59-7
Formato: 13,6 cm x 21 cm
Número de páginas: 176
Edição: 1a
Ano de lançamento: 2024

Os vulneráveis é uma publicação da Editora Instante.

Os vulneráveis

R$74,90
Os vulneráveis R$74,90
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Compra protegida
Seus dados cuidados durante toda a compra.
Trocas e devoluções
Se não gostar, você pode trocar ou devolver.

SINOPSE DA OBRA
Sigrid Nunez retorna com sua escrita singular para contar uma história ambientada em Nova York nos primeiros dias do confinamento em razão da pandemia de covid. A narradora, escritora com idade suficiente para se qualificar como “vulnerável”, concorda em passar o início da quarentena no apartamento da amiga de uma amiga (presa pelo mesmo motivo em outro estado), para cuidar do papagaio Eureca, desamparado desde o sumiço repentino de outro hóspede, um universitário da Geração Z. O jovem retorna sem avisar, e os dois — ou os três, contando com a ave — tornam-se companheiros de casa, não sem antes atravessar certas tensões. A evolução desses relacionamentos, interpessoais e interespécies, torna-se a base sobre a qual a narrativa se desenrola.

Ganhadora do National Book Award em 2018 com o romance O amigo, também autora de O que você está enfrentando e Sempre Susan, Nunez volta seu olhar para o mais terrível e recente trauma coletivo e elabora, com o humor e a sensibilidade costumeiros, situações e personagens que refletem sobre a vulnerabilidade humana; a impermanência; a tênue beleza das conexões afetivas; a natureza da memória — ou seja, a vida em sua mais plena essência. Em meio a essa busca por significado despertada pela tragédia, Nunez nos traz uma faísca de esperança: é na literatura que podemos encontrar algum sentido quando o mundo em que habitamos vira de cabeça para baixo.

MOTIVOS PARA LER ESTE LIVRO
1. A narrativa aborda não só a insegurança de estar suscetível à covid, mas a vulnerabilidade emocional a que todo ser humano está sujeito e a empatia desencadeada por experiências dessa natureza. Com ou sem calamidades globais ou locais, somos vulneráveis, e as histórias que carregamos (tanto as pessoais quanto as literárias) são fundamentais para a nossa resiliência diante das adversidades.

2. A obra fala sobre a atmosfera da pandemia sem recorrer às imagens e aos fatos que acompanhamos pelos noticiários; Nunez se concentra mais na mudança de hábitos cotidianos, nas sensações, na busca por estabelecer uma rotina que nos aproximasse do “normal”, mas não deixa de pontuar aspectos sociais importantes, como os riscos e a sobrecarga a que foram submetidos os trabalhadores essenciais, a ponto de terem sua própria vulnerabilidade invisibilizada. 

3. Como é característico de sua obra, a autora traz animais como personagens importantes, sábios, capazes de, a seu modo, estabelecer conexões profundas com os humanos e desencadear neles reflexões necessárias.

4. O livro comprova a grandiosidade de Sigrid Nunez como escritora que nos envolve nas histórias que narra, conecta referências e impressões, temperadas por seu estilo elegante. Ela aproxima os leitores de suas paixões literárias, despertando neles a vontade de expandir seu repertório.

ELOGIO
“Os romances de Sigrid Nunez são ideais: curtos, sábios, provocadores, engraçados — uma companhia boa e segura.” — The New York Times

“Com a intimidade e o humor de uma ótima conversa, esse romance faz você se sentir mais inteligente e vivo.” — People Magazine

“[...] O livro de Nunez se desenvolve como uma meditação sobre o pesar e alcança o estabelecimento de conexões incomuns.” — New Yorker Magazine

SOBRE A AUTORA
Sigrid Nunez nasceu em 1951, em Nova York, onde ainda mora. Lecionou em instituições como a Universidade Columbia e a Universidade de Princeton e colabora para publicações como The New York Times, The Wall Street Journal e The Paris Review. É autora de dez livros, dos quais a Instante já publicou os romances O amigo, em 2019, vencedor do National Book Award, e O que você está enfrentando, em 2021, e o livro de memórias Sempre Susan, em 2023. Suas obras já foram traduzidas para mais de 25 idiomas.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Título: Os vulneráveis
Autor: Sigrid Nunez
Editora: Instante
ISBN: 978-65-87342-60-3
E-ISBN: 978-65-87342-59-7
Formato: 13,6 cm x 21 cm
Número de páginas: 176
Edição: 1a
Ano de lançamento: 2024

Os vulneráveis é uma publicação da Editora Instante.