A sucessora é um romance envolvente escrito por Carolina Nabuco, uma das primeiras mulheres brasileiras a atuar como escritora. Publicado em 1934, alcançou grande sucesso editorial, recebendo várias reedições no Brasil. Décadas mais tarde, a narrativa de A sucessora foi adaptada para o formato de telenovela por Manoel Carlos e exibida com sucesso pela Rede Globo entre 1978 e 1979, tendo Susana Vieira no papel de Marina.

Publicado originalmente em 1947, treze anos após o sucesso de A sucessoraChama e cinzas está fora das livrarias desde o início dos anos 1980. Recebeu o Prêmio de Romance da Academia Brasileira de Letras e anos depois inspirou a telenovela Bambolê, exibida pela Rede Globo entre 1987 e 1988.

Para saber mais sobre cada um dos livros e ler um trecho de cada obra, visite as páginas de A sucessora e de Chama e cinzas.
 

SOBRE A AUTORA
Carolina Nabuco nasceu no Rio de Janeiro, em 1890. Passou a adolescência nos Estados Unidos, onde o pai, o estadista e abolicionista Joaquim Nabuco, era embaixador do Brasil. Tornou-se importante escritora já ao publicar seu primeiro livro: a biografia de seu pai, em 1928, obra que no ano seguinte receberia o Prêmio de Ensaio da Academia Brasileira de Letras.

Apesar da educação recebida no exterior, possuía um espírito altamente brasileiro. Atuou como escritora e tradutora e levou uma vida discreta. Não se casou nem teve filhos.

Além de A vida de Joaquim Nabuco, A sucessora (romance, 1934) e de Chama e cinzas (1947), é também autora, entre outros livros, de Visão dos Estados Unidos (viagem, 1953), Santa Catarina de Sena (biografia, 1957), A vida de Virgílio de Melo Franco (biografia, 1962), Retrato dos Estados Unidos à luz da sua literatura (crítica literária, 1967), O ladrão de guarda-chuva e dez outras histórias (coletânea de contos, 1969) e Oito décadas (memórias, 1973).

Em 1978, recebeu o Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, pelo conjunto da obra. Quatro anos depois, em agosto de 1981, faleceu em decorrência de um ataque cardíaco, aos 91 anos, em sua casa na rua Marquês de Olinda, no Rio de Janeiro.
 

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Título: A Sucessora
Autor: Carolina Nabuco
Editora: Instante
ISBN: 978-85-52994-02-2
Formato: 13,5 cm x 20,5 cm
Número de páginas: 200
Edição: 1a
Ano de lançamento: 2018

Título: Chama e Cinzas
Autora: Carolina Nabuco
Editora: Instante
ISBN: 978-85-52994-13-8
Formato: 13,5 cm x 20,5 cm
Número de páginas: 248
Edição: 1a
Ano de lançamento: 2019

A sucessora e Chama e cinzas são publicações da Editora Instante.

Combo - Romances Carolina Nabuco
R$79,90
Quantidade
Combo - Romances Carolina Nabuco R$79,90

Conheça nossas opções de frete

A sucessora é um romance envolvente escrito por Carolina Nabuco, uma das primeiras mulheres brasileiras a atuar como escritora. Publicado em 1934, alcançou grande sucesso editorial, recebendo várias reedições no Brasil. Décadas mais tarde, a narrativa de A sucessora foi adaptada para o formato de telenovela por Manoel Carlos e exibida com sucesso pela Rede Globo entre 1978 e 1979, tendo Susana Vieira no papel de Marina.

Publicado originalmente em 1947, treze anos após o sucesso de A sucessoraChama e cinzas está fora das livrarias desde o início dos anos 1980. Recebeu o Prêmio de Romance da Academia Brasileira de Letras e anos depois inspirou a telenovela Bambolê, exibida pela Rede Globo entre 1987 e 1988.

Para saber mais sobre cada um dos livros e ler um trecho de cada obra, visite as páginas de A sucessora e de Chama e cinzas.
 

SOBRE A AUTORA
Carolina Nabuco nasceu no Rio de Janeiro, em 1890. Passou a adolescência nos Estados Unidos, onde o pai, o estadista e abolicionista Joaquim Nabuco, era embaixador do Brasil. Tornou-se importante escritora já ao publicar seu primeiro livro: a biografia de seu pai, em 1928, obra que no ano seguinte receberia o Prêmio de Ensaio da Academia Brasileira de Letras.

Apesar da educação recebida no exterior, possuía um espírito altamente brasileiro. Atuou como escritora e tradutora e levou uma vida discreta. Não se casou nem teve filhos.

Além de A vida de Joaquim Nabuco, A sucessora (romance, 1934) e de Chama e cinzas (1947), é também autora, entre outros livros, de Visão dos Estados Unidos (viagem, 1953), Santa Catarina de Sena (biografia, 1957), A vida de Virgílio de Melo Franco (biografia, 1962), Retrato dos Estados Unidos à luz da sua literatura (crítica literária, 1967), O ladrão de guarda-chuva e dez outras histórias (coletânea de contos, 1969) e Oito décadas (memórias, 1973).

Em 1978, recebeu o Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, pelo conjunto da obra. Quatro anos depois, em agosto de 1981, faleceu em decorrência de um ataque cardíaco, aos 91 anos, em sua casa na rua Marquês de Olinda, no Rio de Janeiro.
 

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Título: A Sucessora
Autor: Carolina Nabuco
Editora: Instante
ISBN: 978-85-52994-02-2
Formato: 13,5 cm x 20,5 cm
Número de páginas: 200
Edição: 1a
Ano de lançamento: 2018

Título: Chama e Cinzas
Autora: Carolina Nabuco
Editora: Instante
ISBN: 978-85-52994-13-8
Formato: 13,5 cm x 20,5 cm
Número de páginas: 248
Edição: 1a
Ano de lançamento: 2019

A sucessora e Chama e cinzas são publicações da Editora Instante.